Reciclagem doméstica: colaborar com o meio ambiente é simples!

Reciclagem doméstica: colaborar com o meio ambiente é simples!

A reciclagem doméstica é uma das iniciativas que você pode adotar para ajudar a preservar o planeta. Vamos apresentar algumas dicas sobre como fazer a separação e a reciclagem correta do lixo na sua casa. Confira!

Saiba como reciclar o seu lixo corretamente

Nos últimos anos, o lixo gerado dentro do ambiente doméstico teve um aumento significativo em todo o mundo. Com isso, a necessidade de uma maior conscientização ambiental no dia a dia das famílias se torna essencial. É importante que todos entendam a importância da reciclagem doméstica e que incentivem as crianças a praticar novos hábitos de consumo e descarte. Vamos às dicas:

1. Faça a separação correta do seu Lixo Seco

O Lixo Seco é todo o material que não é proveniente de seres vivos. Por isso, também pode ser chamado de Lixo Inorgânico. Em resumo, o lixo seco é tudo o que é produzido pela ação do homem e não da natureza, tais como: plásticos, papéis, metais e vidros.

Para que a reciclagem seja feita de forma correta nas cooperativas, é preciso que a colaboração comece em casa. Basta limpar as embalagens para evitar o mau cheiro e a contaminação dos materiais e separar cada um desses resíduos em recipientes diferentes.

Para facilitar a separação, pode-se utilizar as lixeiras de coleta seletiva, que possuem cores correspondentes para cada material. São elas:

Lixeira vermelha: Plásticos
Lixeira verde: Vidros
Lixeira azul: Papéis
Lixeira amarela: Metais

Além disso, podemos reutilizar muitos destes materiais e usar a criatividade para transformá-los em objetos de decoração ou itens para utilidade doméstica. Caixas de leite podem virar porta-copos, garrafas pet podem virar vasinhos, potes de vidro podem ser reutilizados para guardar temperos, etc.

Além de preservar a natureza, você economiza e ainda deixa a sua casa mais bonita e funcional.

2. Lixo Orgânico também requer cuidados

Resumidamente, o lixo orgânico é todo material biológico de origem animal ou vegetal, que precisa ser descartado. Tais como: cascas de frutas e legumes, restos de alimento, produtos alimentícios fora do prazo de validade, borra de café, etc.

Temos o costume de achar que tudo o que é orgânico vai se decompor de forma natural depois que for descartado. Porém, a realidade é que quando descartado de forma incorreta e em locais impróprios, o lixo orgânico pode impactar negativamente o meio ambiente.

Confira algumas formas de diminuir a produção de lixo orgânico e evitar desperdícios:

• Evite comprar alimentos em excesso e preste atenção ao prazo de validade dos produtos, para evitar desperdícios;
• Para que seus alimentos durem mais, confira a forma correta de armazená-los e mantenha todos eles em recipientes próprios, dentro da sua geladeira;
• O que não for consumir a curto prazo, congele em porções diárias;
• Procure sempre aproveitar os caules, as cascas e as folhas dos vegetais ao preparar suas receitas;
Aprenda como fazer compostagem doméstica e transforme o seu lixo orgânico em adubo natural para as suas plantinhas.

3. Atenção redobrada com os resíduos perigosos

O nome já diz tudo: resíduos perigosos são os tipos de materiais que precisam ser tratados com muito mais cuidado antes de serem descartados. Isso porque os riscos envolvidos em seu manuseio são maiores.

Além de serem prejudiciais à saúde por diversos motivos, podem inclusive contaminar o solo e causar danos mais graves ao meio ambiente. É o caso das pilhas, baterias, objetos eletrônicos, vidros quebrados, produtos químicos, lâmpadas, medicamentos, etc.  O que podemos fazer para tornar o descarte desses resíduos mais seguro a quem irá manuseá-los?

• No caso dos cacos de vidro, podemos colocá-los dentro de garrafas pet ou revesti-los com várias folhas de jornal (o suficiente para que não entrem em contato com a pele);
• Lâmpadas led e fluorescentes contém metais pesados e gases que contaminam a natureza. O ideal é que sejam descartadas nos pontos de coleta próprios, ou levadas diretamente aos centros de reciclagem mais próximos;
• Pilhas, baterias, fios e eletrônicos podem ser descartados em pontos de coleta específicos. O ideal é sempre buscar estabelecimentos que oferecem lixeiras ou contentores próprios para o descarte desses materiais;
• Resíduos químicos e hospitalares são tóxicos e podem trazer danos à saúde e ao meio ambiente. Medicamentos fora de validade podem ser levados à farmácias que fazem a coleta e os descartam corretamente;
• Resíduos de tinta também merecem atenção especial. Nunca descarte em redes de esgoto e procure reutilizar o material ou misturar com areia antes de descartar.

4. Dê o exemplo e ensine as crianças à fazer a reciclagem doméstica

Quando se trata de sustentabilidade, quanto mais cedo as crianças começarem a ter atitudes ambientalmente responsáveis, melhor. Para que as crianças aprendam, é necessário que tenham bons exemplos. Confira algumas dicas:

• Compre apenas o que for realmente necessário. Evite o consumismo desenfreado, para que as crianças entendam que o desperdício é um dos principais fatores que podem prejudicar o meio ambiente;
• Evite a utilização excessiva dos descartáveis. Uma dica legal é utilizar sacolas de tecido ao fazer compras em mercados ou em estabelecimentos comerciais;
• Sempre que possível, dê preferência a produtos naturais e biodegradáveis em suas atividades domésticas;
• Algo quebrou? Tente consertar. Não tem conserto? Tente dar uma nova função ao produto. Busque sempre reutilizar, caso não seja possível faça o descarte correto do material;
• Use sua criatividade: reforme e customize suas roupas, mostre aos mais novos que você pode ter uma peça nova de um jeito divertido. Nem tudo precisa ser descartado;
• Importante mostrar às crianças que o desapego tem muito valor e pode ajudar outras famílias. Fazer doação de roupas e brinquedos que não serão mais utilizados é uma boa dica.

O que achou desse artigo?

Conseguimos te ajudar a entender a importância da reciclagem doméstica e como é simples colaborar com o meio ambiente?

Entre em contato  conosco, teremos muito prazer em atendê-lo.

(11) 4416-6868
(11) 4416-7980
(21) 3956-3885

Saiba mais sobre a Lar Plásticos
Conheça nossos Produtos Sustentáveis
Curta nossa página no Facebook
Acesse nossa página no LinkedIn
Siga a gente no Instagram
Confira nosso canal no Youtube